Cruzeiro faz 3 no Sport pelo Brasileirão 2015

Cruzeiro faz 3 no Sport pelo Brasileirão 2015

Cruzeiro 0 x 0 Sport

Brasileirão 2015

Deixe seu comentário:

Neste domingo (15), Cruzeiro e Sport jogaram pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015.

Cruzeiro e São Paulo FC jogaram pela 34ª rodada do Brasileirão 2015. Fim de jogo no Mineirão aos 48′. O Cruzeiro venceu o São Paulo FC por 2 a 1. (confira o jogo).

Sport e Grêmio jogaram pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015. Sport venceu o Grêmio por 1 a 0 na Ilha do Retiro. Fim de jogo aos 49′. (confira o jogo).

Com mais uma grande atuação, principalmente no segundo tempo, o Cruzeiro venceu o Sport por 3 x 0, na tarde deste domingo, no Mineirão, subiu para a oitava colocação no Campeonato Brasileiro e ganhou ainda mais força na disputa por uma vaga na Copa Libertadores da América em 2016.

Willians, de pênalti, Durval, contra, e Marcos Vinícius, todos na etapa final, marcaram os gols da Raposa, que volta a campo contra o Palmeiras, no próximo sábado, ás 19h30, na Arena Palmeiras, em São Paulo, pela 36ª rodada da competição nacional.

Além da campanha para arrecadação de água mineral para a população de Governador Valadares, antes da partida, o Cruzeiro ainda fez uma homenagem, através de um minuto de silêncio, às vítimas do atentado que aconteceu em Paris, na França, na última sexta-feira, e aos desabrigados da tragédia em Minas Gerais, provocada pelo rompimento, há dez dias, de duas barragens de uma mineradora em Mariana-MG.

O jogo

Empurrado pela maior torcida de Minas Gerais, o Time do Povo partiu para cima do Sport desde o apito inicial do árbitro baiano Marielson Alves Silva. Antes do primeiro minuto,
Willian recebeu passe de Marcos Vinícius e chutou forte, mas a bola saiu à direita do gol.

Pouco tempo depois, após bate e rebate na área adversária, a bola sobrou para Willlian, mas o zagueiro Durval conseguiu antecipar e evitou a finalização do artilheiro cinco estrelas.

Jogando nos contra-ataques, o Sport chegou com perigo na frente com o ex-cruzeirense Marlone, que escapou pela direita em velocidade e cruzou para a área. Willians tirou para escanteio.

Aos 22, a Raposa quase marcou, em jogada de Alisson, que chutou forte dentro da área, mas a bola desviou em Durval, e sobrou para Willian. O atacante chutou prensado com o zagueiro Matheus Ferraz e a bola saiu para a linha de fundo.

Aos 46, o Sport teve dois escanteios consecutivos a favor e deixou a torcida estrelada apreensiva. No primeiro deles, Bruno Rodrigo cortou de cabeça para trás e quase enganou Fábio. A bola foi à linha de fundo. No outro escanteio, cobrado por Renê, Diego Souza cabeceou com muito perigo, à esquerda do gol de Fábio.

No último lance do primeiro tempo, Henrique recebeu dentro da área e rolou para Bruno Rodrigo, que chutou forte, acima do gol.

Rolo compressor

O Time do Povo iniciou a etapa final como fez na inicial, pressionando a equipe pernambucana. Logo no primeiro minuto, Fabrício cruzou para a área, Oswaldo tentou cortar e quase marcou gol contra. A bola saiu à direita do goleiro Danilo Fernandes, que ficou só olhando e torcendo.

Só dava Raposa, que teve tudo para marcar, não fosse ótima defesa de Danilo Fernandes em cabeceio de Alisson, após cruzamento preciso de Fabrício.

Reforçada pelo ex-atacante do Cruzeiro Marcelo Moreno, que acompanhou a partida em meio à torcida estrelada, a China Azul empurrava o Maior de Minas em busca do gol, que parecia questão de tempo.

Acuado na defesa, o Sport tentava segurar o ímpeto cinco estrelas e ainda conseguia alguns esporádicos contra-ataques, como na jogada de Diego Souza. O ex-meia da Raposa acertou um chute forte, colocado, obrigando Fábio a fazer uma importante defesa.

O tetracampeão brasileiro se refez do susto e teve duas seguidas chances para marcar, com Alisson, que finalizou desequilibrado, para fora, e especialmente com Willian. O atacante recebeu passe de Marcos Vinícius e chutou forte, mas Danilo Fernandes salvou o Sport de novo.

Só dava Raposa, que seguia em busca da vitória com muita intensidade. Aos 12, Manoel cabeceou para o gol e Ronaldo desviou com o braço. Pênalti, que o volante Willians cobrou muito bem, sem chance alguma para Danilo Fernandes. Cruzeiro 1 x 0.

Três minutos depois, o mesmo Willians cruzou pela esquerda, a bola desviou no zagueiro Durval e entrou. Cruzeiro 2 x 0 e mais festa para a torcida cinco estrelas, que não parou de incentivar a equipe celeste um instante sequer.

Apesar do placar, o Cruzeiro manteve o ritmo e por muito pouco não fez mais um, aos 19, com Alisson. O meia recebeu lançamento de Willians, ganhou de Durval na velocidade, driblou Danilo Fernandes e finalizou acima do gol.

Mas, aos 21 saiu o terceiro do Cruzeiro, desta vez marcado por Marcos Vinícius, que fez bela jogada individual e chutou por baixo de Danilo Fernandes. Cruzeiro bonito na frente: 3 x 0.

O Maior de Minas sobrou em campo e construiu outras situações para ampliar, especialmente com Leandro Damião, que desperdiçou duas claras chances para marcar.

Após o término da partida, os atletas do Time do Povo se reuniram no meio do gramado e saudaram o torcedor, que mais uma vez teve papel fundamental na vitória cinco estrelas.

CRUZEIRO 3 X 0 SPORT

Motivo: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 15/11/2015 (domingo)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Marielson Alves Silva-BA (CBF-1)
Público: 25.851 pagantes
Renda: R$ 701.652,00
Gols: Willians, aos 13 min., Durval, contra, aos 16 min., e Marcos Vinícius, aos 21 min. do 2º tempo
Cruzeiro: Fábio; Ceará (Fabiano), Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Willians, Ariel Cabral e Marcos Vinícius (Marquinhos); Alisson (Leandro Damião) e Willian
Técnico: Mano Menezes
Sport: Danilo Fernandes; Oswaldo, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Neto Moura (Régis) e Marlone (Maikon Leite); Diego Souza e André
Técnico: Paulo Roberto Falcão
Cartões amarelos: Matheus Ferraz, Diego Souza e Régis (Sport); Willian e Willians (Cruzeiro)

Mano destaca confiança, força da torcida e invencibilidade celeste

O técnico do Cruzeiro Mano Menezes, um dos responsáveis diretos pela grande ascensão técnica e tática do Maior de Minas na reta final do Campeonato Brasileiro, elogiou mais uma vez a força do torcedor cinco estrelas e a confiança adquirida pelo time, que chegou, após a vitória de 3 x 0 sobre o Sport, neste domingo, à 11ª partida consecutiva sem derrota.

“Eu entendo o torcedor, o sentimento dele faz com que ele venha ao estádio ver o Cruzeiro jogar. Esse Cruzeiro está fazendo uma série de 11 jogos de invencibilidade não é à toa. O torcedor sente algo mais gostoso, ver a equipe jogar um futebol melhor. Nessas últimas rodadas nós estamos fazendo uma pontuação de equipes melhores colocadas na tabela”, disse o treinador.

“Os jogadores estão de parabéns, porque eles se entregaram muito nessa ideia de jogar. São grandes profissionais e queriam voltar a vencer em uma temporada que estava encaminhando para ter um final ruim e que conseguimos transformar todos juntos, equipe e torcida, para a gente fazer um final muito bom. A equipe está confiante, mesmo para enfrentar as dificuldades quando o jogo apresenta dificuldades como foi hoje”, completou.

De acordo com o treinador, as grandes atuações do Maior de Minas deixam uma expectativa ainda maior em relação a um término de temporada bastante positivo.

“Queremos estar melhor, queremos encerrar melhor a temporada. E é isso que eu estou sentindo no vestiário e no dia a dia de treinamento. É gostoso, mesmo que você fique ainda um pouco aquém em termos de colocação, mas terminar bem projeta um ano seguinte melhor”, declarou.

Jogadores projetam mais uma grande atuação contra o Palmeiras

Os jogadores do Time do Povo deixaram o gramado do Mineirão comemorando a expressiva vitória sobre o Sport, por 3 x 0, neste domingo, mas já com as atenções voltados para a próxima partida da equipe, contra o Palmeiras, sábado que vem, às 19h30, na Arena Palmeiras, em São Paulo.

“Está todo mundo de parabéns pela entrega. Tivemos uma grande atuação, principalmente no segundo tempo, depois do Mano (Menezes) conversar com a gente no intervalo. Agora é continuar com os pés no chão, já que temos um grande jogo contra o Palmeiras para seguirmos nessa caminhada”, disse o meia Alisson.

Já o atacante Willian, artilheiro do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, com 10 gols, falou sobre a escalada da Raposa na classificação da competição e a possibilidade de garantir uma vaga na Copa Libertadores da América de 2016.

“Se tem possibilidade, se tem essa pequena porcentagem, vamos correr atrás. Hoje mais uma vez fizemos uma grande partida e agora quarta-feira, as outras equipes vão jogar e quem sabe se eles tropeçarem, essa diferença possa diminuir”, comentou.

Para ele, o Cruzeiro demonstrou um futebol capaz de ter conquistado uma vitória ainda superior aos 3 x 0 aplicados sobre o Sport neste domingo, pela 35ª rodada do Brasileiro.

“A gente poderia ter feito mais (gols), mas conseguimos o nosso objetivo, o mais importante, que era a vitória. Agora é poder descansar e nos prepararmos para o jogo com o Palmeiras. Um outro confronto direto e quem sabe a gente consegue surpreender o Palmeiras lá também”, declarou.

Com informações do Site Oficial do Cruzeiro.

+ Esportes

Copa do Brasil 2016: Assistir Atlético Mineiro e Grêmio, Resultado do jogo de hoje
Copa do Brasil 2016: Assistir Atlético Mineiro e Grêmio, Resultado do jogo de hoje
Internacional perde para o Corinthians e se prepara para o Cruzeiro
Internacional perde para o Corinthians e se prepara para o Cruzeiro
Brasileirão 2016: Corinthians vence Internacional na 36ª rodada
Brasileirão 2016: Corinthians vence Internacional na 36ª rodada
Confira os resultados da 36ª rodada, tabela do Brasileirão 2016
Confira os resultados da 36ª rodada, tabela do Brasileirão 2016

+ Bagarai

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,