Bagarai » Atitude » Erótika Fair começa nesta semana, #deliciaerotika

Erótika Fair começa nesta semana, #deliciaerotika

Erótika Fair trará novidades para o público adulto, em março, no Anhembi.
A 19ª edição da feira dará início ao processo de expansão e internacionalização deste que é o mais importante encontro de negócios do mercado erótico e sensual do país.

21 de março de 2012

Vista geral do pavilhão e corredores lotados da 18ª edição da Erótika Fair, que recebeu 20.000 visitantes (foto: Thiago Marzano)

Vista geral do pavilhão e corredores lotados da 18ª edição da Erótika Fair, que recebeu 20.000 visitantes (foto: Thiago Marzano)

A tradicional feira erótica paulistana, Erótika Fair, considerada pela ABEME (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual) o mais importante encontro de negócios do mercado erótico latino americano e quarta maior feira erótica do mundo, contará com o espaço do Palácio de Convenções do Anhembi para realizar a 19ª e mais inovadora edição do evento, que acontecerá entre os dias 22 e 25 de março de 2012, das 14h às 22h, e marcará o início do processo de expansão e internacionalização da feira, planejada e organizada pela promotora JL Feiras, Promoções e Eventos em parceria com a Mastran Business Fairs, empresa com 20 anos de experiência no desenvolvimento e gestão de eventos de negócios internacionais.

Assumindo, definitivamente, papel fundamental e representativo para o mercado adulto brasileiro, a 19ª Erótika Fair terá parte do pavilhão reservada para expositores internacionais, que trarão para o mercado brasileiro lançamentos de produtos e serviços em primeira mão.

Fabricantes, importadores, distribuidores e lojistas nacionais também têm espaço garantido para apresentar aos empresários do setor e ao público final suas novidades para o ano de 2012. Parcerias com entidades e feiras internacionais também fazem parte do processo de crescimento da feira, que acontece em São Paulo há 15 anos e reuniu, em sua última edição, cerca de 20.000 visitantes. A expectativa para a 19ª edição é superar em 50% essa visitação de empreendedores do setor, consumidores, e pessoas comuns interessadas em conhecer melhor esse universo repleto de mitos e tabus.

Para os empresários e futuros empreendedores do mercado adulto, a 19ª edição da Erótika Fair promoverá o Erótika Business, espaço onde os profissionais do trade poderão participar de congressos, workshops, palestras e treinamentos ministrados por expositores e patrocinadores. Um dos destaques deste ciclo de palestras será a sexóloga Laura Muller, que falará sobre sexualidade. Além disso, pela primeira vez, a Erótika Fair abre espaço exclusivo para equipamentos, produtos e serviços para motéis. Já o público final poderá conferir as atrações da Erótika Lifestyle, que vão desde aulas de pompoarismo, pole dance e dança do ventre, a shows com strippers nacionais e internacionais. Ainda pensando no público consumidor de produtos e filmes eróticos, o Erótika Stars será um espaço dedicado à apresentação de filmes adultos, lançamentos de filmes eróticos, e a presença de produtoras, diretores, atores e atrizes fazendo ensaios fotográficos e distribuindo autógrafos. A produtora nacional Xplastic, da ex-BBB Mayara Medeiros, estará fazendo ensaios ao vivo e atendendo o público consumidor de filmes adultos. Angela Bismarchi já confirmou sua presença com o lançamento de sua boneca “Angel Barbie”, que terá até pêlos pubianos e corpo inspirado no corpo real da modelo. Por fim, a Erótika Fashion contará com desfiles e apresentações com os últimos lançamentos da moda íntima masculina e feminina, acessórios de fetiche e fantasias.

A Erótika Fair foi criada em 1997 pelo publicitário e promotor de eventos Evaldo Shiroma, com o intuito de ampliar a movimentação do mercado erótico brasileiro e quebrar preconceitos. A idéia surgiu após realizar uma pesquisa e constatar que 99% das mulheres que tinham intenção de entrar em uma sex shop não o faziam por medo ou vergonha. A primeira edição da feira contou apenas com 12 expositores e 8.000 participantes, número esse que vem aumentando significantemente a cada edição. Shiroma também é vice-presidente da ABEME, a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico, criada em 2002 para unir as empresas e profissionais dos diferentes segmentos do setor erótico nacional, profissionalizando e fazendo crescer este mercado no país. A ABEME, presidida pela publicitária, escritora e consultora do mercado erótico Paula Aguiar, também é responsável por colher, atualizar e divulgar as estatísticas anuais do mercado erótico brasileiro. Esses dados serão apresentados na 19ª Erótika Fair para mercado, imprensa e público.

Sobre o mercado erótico brasileiro

O Brasil possui a quarta mais importante feira erótica do mundo, perdendo apenas para China, Alemanha e Estados Unidos, e a maior da América Latina, que é a Erótika Fair, e recentemente viu a criação de novos eventos e feiras eróticas pelo país. Isso é indicativo do grande interesse do brasileiro pelo assunto. Prova disso são os números divulgados pela ABEME, que revelam a geração de mais de 100 mil empregos direta ou indiretamente, sendo 80% das vagas preenchidas por mulheres. A comercialização de produtos eróticos cresceu 17% em 2010 com relação ao ano anterior, graças aos mais de 30 fabricantes e 50 distribuidores, que abastecem cerca de 60 mil consultores que realizam venda de porta-a-porta em todo o Brasil e aos mais de 10 mil pontos de venda em território brasileiro, que variam desde lojas de lingeries, sexshops e lojas virtuais a outros tipos de comércio que oferecem produtos sensuais, fornecendo cerca de 12 mil opções para o consumidor brasileiro. Os produtos importados representavam 80% do consumo, mas hoje em dia recuaram para 65% diante do bom desempenho de venda dos produtos nacionais, que são, em geral, de excelente qualidade e possuem preços acessíveis, mesmo se comparados aos chineses.

No último ano, o setor movimentou cerca de 1 bilhão de reais, comercializando cerca de 72 milhões de artigos sensuais e eróticos, sendo 58,2 somente da categoria de cosmética sensual nacional. Segundo a ABEME, o investimento em capacitação e profissionalização do setor é responsável pelo crescimento acentuado do mercado erótico brasileiro, que tem focado sua atenção também nas classes C e D, que sempre desejaram adquirir produtos sensuais e hoje têm à sua disposição mais de 50% dos itens com preços inferiores a R$ 50,00. Essa realidade tem chamado a atenção de investidores de todo o mundo, fazendo com que o Brasil seja olhado como uma futura potência do mercado erótico mundial.

#deliciaerotika

Pelo Twitter é possível acompanhar tudo que está acontecendo relacionado com a Erótika Fair, pela hashtag #deliciaerotika você pode buscar no microblog todas as postagens sobre a feira.

Deixe a sua opinião, faça seu comentário.

Por favor, não use palavras ofensivas, que desrespeitem a lei ou apresentem linguagem ou material obsceno em seus comentários no Bagarai, mensagem que não cumpram essas políticas não serão aceitas. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Caso você se sinta ofendido com alguma mensagem publicada ou tem alguma sugestão para melhorar o site, clique aqui e entre em contato.



The Fund for Reconciliation, Tolerance and Peace < Produtora brasileira em prol da paz entre Israel e Palestina. Filme para a ONG The Fund for Reconciliation, Tolerance and Peace, com produção da Vetor Zero/Lobo, ressalta como seria o futuro sem os conflitos entre os dois povos.
Relebre a Erotika Fair 2012, por Danni Lima Bem delicias estou aqui para contar para vocês como foi a 19º Erotika Fair que contou comigo para trazer ao Bagarai as novidades e loucuras da feira. Prontos? Então bora relatar os acontecimentos! >

Dicas de Ofertas