Especialista erra e diz que sites em PHP podem transmitir vírus

A vida de programador e de suporte de internet já não é fácil, atender e explicar sobre internet, vírus e afins para pessoas que não entendem muito do assunto é muito difícil, ainda mais com matérias que claramente não foram bem revisadas vão para o ar, como notícia recentemente publicada pelo Jornal Hoje, aonde diz que sites em PHP podem transmitir vírus. (veja no site do Jornal Hoje). A falha foi tão grande que virou a piada do dia na internet, a galera do Vida de Programador até fez uma tirinha:

#PHPVirus (reprodução)

#PHPVirus (reprodução)

A matéria publicada na TV diz que “Quando o nome não tem nada a ver com a empresa ou quando termina em .php pode ser golpe”, tecnicamente qualquer página pode resultar em vírus sendo ela .PHP, .ASPX ou .HTML, isso são apenas extensões de página, que indicam em que linguagem a página foi desenvolvida, nada tem a ver com vírus.

PHP não é vírus

O PHP é apenas uma linguagem de programação, usada principalmente para o desenvolvimento de páginas para a internet, milhões de sites em todo o mundo usam esta linguagem, inclusive o próprio Facebook, você pode comprovar isso acessando https://www.facebook.com/home.php, além dele temos o Wikipédia, os blogs em WordPress e até mesmo o site da USP (http://www4.usp.br/index.php).

Piada no Twitter

A tag #PHPVirus ficou entre os assuntos mais comentados do dia no Twitter, a maioria das mensagens publicadas na rede social mostravam indignação e acusavam o especialista de despreparo.

Como se prevenir realmente contra vírus

A regra de ouro é simplesmente para que você sempre fique atento, não saia por aí clicando em todos os links que chegam pra você, além disso nenhum vírus vai entrar na sua máquina sem que você faça o download dele, então tome muito cuidado com os arquivos que você baixa. Além disso sempre desconfie de emails ameaçadores ou com grandes promoções, já dizia o dito “quando a esmola é demais, o santo desconfia” e isso vale para a internet também. Na dúvida, sempre ligue para a empresa que está supostamente enviando o emails, tenha certeza que o seu banco nunca vai pedir nenhum dado sigiloso por email.

Deixe seu Comentário