Greve dos Correios começa a chegar ao fim?

Portal Bagarai

A greve dos Correios que começou na quarta-feira(14) parece estar finalmente chegando ao fim.

Segundo o site do Correiros, nesta segunda-feira (19), a adesão dos trabalhadores dos Correios à paralisação iniciada no dia 14 caiu para 23% — até a última sexta-feira, estava em torno de 30%. Com isso, agora a empresa tem 77% do seu efetivo em atividade normal. Com a queda na adesão e o mutirão realizado no final de semana para entrega de objetos postais, os Correios conseguiram aumentar a porcentagem de carga em dia — passou de 60% para 65%.

Sedex 10, Sedex Hoje e Disque Coleta sofreram com a greve

Na quinta o Correios informou que durante coletiva realizada em Brasília, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, informou que a empresa mantém a entrega diária de cartas e encomendas, embora exista a possibilidade de atrasos devido à paralisação iniciada nesta quarta-feira (14). “Não houve interrupção da entrega de objetos. Dos 35 milhões de objetos que os Correios entregam diariamente, 5,3 milhões não foram entregues hoje e devem seguir com atraso”, explicou.

Pinheiro conclamou os trabalhadores da empresa a encerrar a paralisação, frisou que a retomada das negociações sobre o acordo coletivo está condicionada ao retorno às atividades e que haverá desconto dos dias parados.

Números da greve

A paralisação atingiu, em média, 32% do efetivo total da empresa — em alguns setores, alcançou 40%. Os Correios suspenderam os serviços SEDEX 10, SEDEX Hoje e Disque-Coleta, por se tratar de serviços com horário marcado.

Correios tenta normalizar a situação

Entre as possíveis medidas para normalizar o serviços estão a contratação de recursos, realocação de pessoal, realização de horas-extras e trabalho nos finais de semana. O Correios já colocou em operação um plano de contingência para minimizar os prejuízos à população.


+ Trabalho

Find us on Twitter