Corinthians empata com o Boca Juniors pela Libertadores

Bagarai

Corinthians x Boca Juniors

Corinthians x Boca Juniors

Nesta quarta-feira (27) acontece o jogo de ida da final da Taça Libertadores entre Corinthians x Boca Juniors , no La Bombonera.

O Boca de Julio Falcioni passou pelo Universidad de Chile na semifinal, a primeira partida no La Bombonera, o time argentino meteu 2 x 0 em cima do La U, a partida de volta ficou no 0 x 0, garantindo a passagem do Boca Juniors para a grande final. A equipe do Boca entrou em campo pelo esquema 4-4-2, com Mouche e Santiago Silva no ataque.

Comandado por Tite, o Corinthians enfrentou o Santos na semifinal, na partida de ida, teve muita confusão, até a luz acabou, mas o Timão garantiu a vitória por 1 x 0 na Vila Belmiro, o jogo de volta no Pacaembu ficou no empate de 1 x 1, garantindo o Corinthians na grande final. Todo de branco, o time brasileiro chegou no jogo com Jorge Henrique e Emerson no ataque, pelo esquema 4-4-2.

Primeiro tempo

A partida no La Bombonera começou com o Boca querendo jogo.

No primeiro minuto de jogo, Riquelme cobrou falta para Schiavi que mandou de cabeça com perigo.

Schiavi perdeu a bola para Paulinho aos 7′, o volante subiu para o ataque em velocidade, dando trabalho para Orión defender.

Roncaglia fez falta dura em Emerson aos 18′ e acabou penalisado com o primeiro amarelo da partida.

A nova estrela do Timão, Romarinho, foi para o aquecimento aos 24′, ele poderá entrar em campo.

Aos 34′ Santiago Silva recebeu de Mouche no ataque, o atacante mandou com uma meia-bicicleta, mas Alessandro conseguiu parar o ataque argentino.

O Boca estava metendo pressão, buscando o ataque, mas a ótima defesa do Timão não estava dando espaço para o rival.

Sentindo dores, Jorge Henrique saiu aos 39′ para entrada de Liedson.

Aos 40′, Sheik sofreu falta perto da grande área, o juiz marcou, Riquelme reclamou demais e acabou levando o amarelo. Pouco depos, Emerson e Erviti bateram boca e levaram bronca do árbitro. Alex cobrou a falta aos 42′, o meia mandou para Chicão, que chutou mal e a bola foi para longe.

Aos 45′ terminou o primeiro tempo, sem gols a primeira parte do jogo ficou apenas no empate de 0 x 0.

Segundo tempo

Na volta, o Boca chegou atacando, metendo pressão.

Aos 4′ Erviti ajeitou e Riquelme mandou uma bomba que passou perto do travessão de Cássio.

Danilo mandou para Alex perto da área aos 13′, o meia mandou de cabeça, mas foi fraco e Orión não teve problemas para defender.

O Boca levou perigo aos 16′, Mouche ficou na cara do gol, mas chutou em cima de Cássio, que fez boa defesa.

Roncaglia abriu o placar para o Boca aos 28′, em cobrança de escanteio Santiago tentou mandar para o gol, mas Chicão salvou coma mão, seria pênalti se o lateral do Boca não tivesse aproveitado o rebote para mandar a bola no fundo do gol corinthiano. Por colocar a mão na bola, Chicão foi penalisado com um amarelo.

Depois de marcar, o Boca Juniors que já estava pressionando, cresceu ainda mais em campo.

Aos 38′ Danilo saiu para a entrada para Romarinho e o empate chegou aos 40′, dos pés de Romarinho, o atacante recebeu de Emerson, tirou o goleiro e enfiou a bola no gol do Boca, deixando tudo igual no placar.

Aos 46′ quase aconteceu mais um gols, Viatri recebeu de Clemente Rodrígues e mandou de cabeça para a trave, no rebote Cvitanich tenta, mas não consegue marcar.

Com 48′ do segundo tempo, a partida terminou no La Bombonera com 1 gol para cara lado. A grande decisão acontecerá na próxima quarta-feira (4), no Pacaembu.

Ficha técnica

O Boca Juniors (ARG) entrou em campo com Orion; Roncaglia, Schiavi, Caruzzo e Clemente Rodríguez; Ledesma, Somoza, Erviti e Riquelme; Mouche e Silva.
Técnico: Julio César Falcioni.

Corinthians entrou em campo com Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Jorge Henrique e Emerson.
Técnico: Tite.

  • Árbitro: Enrique Ósses (CHI);
  • Assistentes: Francisco Mondria (CHI) e Carlos Astroza (CHI);
  • Quarto árbitro: Patricio Polic (CHI);
  • Local: Estádio La Bombonera, em Buenos Aires (ARG);

Corinthians, Brasil na Libertadores

Tecnicamente era esperado que os brasileiros torcessem pelo Corinthians, num verdadeiro Brasil x Argentina, mas a realidade é bem diferente, muitos torcedores dos times rivais do Corinthians juram serem Boca desde pequenos nesta quarta.


+ Futebol

Find us on Twitter