Operação Calicute: Sérgio Cabral é preso no RJ

Operação Calicute: Sérgio Cabral é preso no RJ
Wilson Dias/ABr
Publicado dia 17/11/2016 em Brasil


A Polícia Federa (PF), em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal do Brasil (RFB), deflagraram agora pela manhã (17) a Operação Calicute com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões.

A apuração identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes públicos, entre eles, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, preso em sua residência, no Leblon, bairro zona sul do Rio. Neste momento, policiais federais conduzem o ex-governador para a Superintendência da PF, na Praça Mauá, zona portuária da cidade.

Duzentos e trinta agentes cumprem 38 mandados de busca e apreensão, oito mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisões temporárias e 14 mandados de condução coercitiva expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, além de 14 mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

A Operação Calicute é resultado de investigação em curso na força-tarefa da Operação Lava jato no Estado do Rio de Janeiro em atuação coordenada com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná. O nome da operação é uma referência às tormentas enfrentadas pelo navegador Pedro Álvares Cabral a caminho das Índias.

Garotinho passa mal e é internado em hospital no centro da capital fluminense

O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, preso na manhã desta quarta-feira (16) pela Polícia Federal na capital fluminense, passou mal e foi internado no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro, no fim da tarde. Ele estava na Superintendência da PF, na zona portuária. A defesa de Garotinho informou que ele sofre de pressão alta e passou mal antes de ser transferido para a sede da Polícia Federal em Campos, norte fluminense.

Garotinho foi preso com base em evidências da Operação Chequinho, iniciada em 19 de outubro, que investiga o uso eleitoral do Programa Cheque Cidadão. De acordo com a Polícia Federal, o ex-governador liderou um esquema de compra de votos por meio do programa social da cidade de Campos dos Goytacazes, nas eleições municipais de outubro deste ano. Garotinho é secretário de Governo na administração da esposa, Rosinha Garotinho, prefeita do município.

Os advogados de Garotinho entraram com pedido de habeas corpus e classificaram a prisão de ilegal.

*Com informações da EBC / Agência Brasil.


+ Brasil

Rio Grande do Sul está em estado de calamidade financeira
Rio Grande do Sul está em estado de calamidade financeira
Anthony Garotinho vai para prisão domiciliar
Anthony Garotinho vai para prisão domiciliar
Sérgio Moro discute com advogados de Lula em depoimento de Delcídio do Amaral
Sérgio Moro discute com advogados de Lula em depoimento de Delcídio do Amaral
Anthony Garotinho é preso pela Polícia Federal
Anthony Garotinho é preso pela Polícia Federal

+ Bagarai

Copa do Brasil 2016: Assistir Atlético Mineiro e Grêmio, Resultado do jogo de hoje
Copa do Brasil 2016: Assistir Atlético Mineiro e Grêmio, Resultado do jogo de hoje
Internacional perde para o Corinthians e se prepara para o Cruzeiro
Internacional perde para o Corinthians e se prepara para o Cruzeiro
Fukushima sofre com terremoto de magnitude 7,3; alerta de tsunami
Fukushima sofre com terremoto de magnitude 7,3; alerta de tsunami
Brasileirão 2016: Corinthians vence Internacional na 36ª rodada
Brasileirão 2016: Corinthians vence Internacional na 36ª rodada

Tags:, , , , , , , , , ,