Bagarai
Carros
Motos
Carros
4 semanas atrás

Renault Kwid 2018 tem preço baixo, cores interessantes e segurança

Renault Kwid 2018 tem preço baixo, cores interessantes e segurança

O preço do Renault Kwid 2018 é um dos principais atrativos do carro novo da Renault, mas além disso ele tem muito conforto e uma dirigibilidade ideal para encarar o dia a dia nas cidades.

Preço do Renault Kwid

O Kwid tem três versões de acabamento: Life, Zen e Intense, nas opções de cores Orange Ocre, Branco Marfim, Vermelho Fogo, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré.

Versão Renault Kwid Life – R$ 29.990

Principais itens de série: rodas 14”, dois airbags laterais, dois airbags frontais, dois Isofix, predisposição para rádio e indicadores de troca de marcha e de condução.

Versão Renault Kwid Zen + rádio – R$ 35.390

Principais itens de série: direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, rádio com Bluetooth e entradas USB e AUX

Versão Renault Kwid Intense + Pack Connect – R$ 39.990

Principais itens de série: retrovisores elétricos, faróis de neblina cromados, Media NAV 2.0 com câmera de ré, abertura elétrica do porta-malas, rodas Flexwheel e chave dobrável. Além de diferentes detalhes de acabamento externo e interno.

Três estrelas no teste de colisão

A sétima etapa de resultados de 2017 do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, o Latin NCAP, foi apresentada hoje com um resultado animador para o Renault Kwid.

O modelo, que se tornou um dos mais vendidos no país, foi avaliado em simulações de impactos frontal e lateral. O Kwid mostrou ter proteção frontal adequada para o passageiro adulto, o que lhe rendeu três estrelas. Em relação a impactos laterais, ofereceu resguardo fraco no peito do adulto, porém suficiente para também alcançar as três estrelas sólidas na proteção deste ocupante. Quanto à simulação de impacto lateral, a estrutura do Kwid, combinada com o airbag do tórax lateral, não causou lesões com risco de vida nos bonecos adultos usados no teste.

Já as crianças receberam proteção adequada e boa nos testes de impactos frontal e lateral, devido, principalmente, ao uso de ancoragens Isofix e Top Tether nas cadeirinhas instaladas.

O Renault Kwid fabricado no Brasil mostrou reforços estruturais adicionais e melhor desempenho na segurança em comparação com a versão fabricada na Índia e avaliada pelo Global NCAP do ano 2016.

O secretário-geral do Latin NCAP, Alejandro Furas, afirmou que “é bom ver quão rápido podem reagir os fabricantes em relação ao primeiro Kwid avaliado (versão fabricada na Índia e testada pelo Global NCAP) e esse Kwid brasileiro de três estrelas. É animador ver os fabricantes respondendo aos testes do Latin NCAP e do Global NCAP, bem como às preferências dos consumidores por uma maior segurança, mesmo nos modelos mais acessíveis. O mercado está reagindo antes e além dos requisitos governamentais”.

O Latin NCAP faz um alerta a todos os governos da América Latina e do Caribe para que adotem, com urgência, os padrões de teste de impactos frontal e lateral da Organização das Nações Unidas (ONU), os padrões de controle eletrônico de estabilidade (ESC) e os requisitos de proteção a pedestres. “Enquanto isso, solicitamos que os testes do Latin NCAP sejam obrigatórios para todos os modelos do mercado, permitindo aos consumidores contar com informação clara sobre a segurança oferecida pelo carro que planejam comprar.”

Ricardo Morales Rubio, presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP, acredita que o resultado positivo do Kwid é outro claro exemplo da força dos consumidores. “Do Latin NCAP, elogiamos a Renault por tomar decisões para proporcionar melhor segurança, antes e além das regulações governamentais da América Latina e do Caribe. Esse resultado demonstra que os consumidores estão levando em conta os níveis de segurança dos automóveis quando compram um novo carro. Continuaremos a pressionar os governos para que bons níveis de segurança sejam obrigatórios e possam oferecer aos consumidores informação completa e independente sobre a segurança que proporcionam todos os automóveis no mercado”.

Renault Kwid

“A Renault traz mais uma vez aquilo que os exigentes clientes desejam, levando ao segmento de entrada um veículo com diversas características do universo SUV – o que mais cresce no país –, além de itens de segurança e espaço interno não encontrados nos veículos compactos”, afirma Pedrucci.

O novo veículo da Renault é também “best-in-class” em consumo de combustível entre os veículos compactos de entrada, registrando 15,2 km/l com gasolina e 10,5 km/l quando abastecido com etanol, em trajeto misto (urbano-rodoviário). O veículo é também uma nova referência em segurança, trazendo, de série, quatro airbags (dois frontais e dois laterais) – algo inédito no segmento de entrada –, além de diversos outros itens de segurança e reforços estruturais.

A Renault tem a inovação como marca da sua história no mundo e no Brasil. Foi a primeira a lançar, por exemplo, um monovolume – o Scénic – no Brasil, assim como trouxe o inovador Twingo. O Clio foi o primeiro hatch a trazer dois airbags frontais de série, e trouxe, ainda, os comandos de rádio na coluna de direção. A Oroch foi a primeira picape média do mercado, entre outras inovações.

O Kwid traz o moderno motor 1.0 SCe (Smart Control Efficiency) com três cilindros, 12 válvulas, duplo comando de válvulas (DOHC) e bloco em alumínio. O modelo também estreia a transmissão manual de cinco marchas SG1, que é mais leve e eficiente. A corrente de distribuição no lugar da correia proporciona um baixo custo de manutenção, menos de um R$ 1,00 por dia.

Com apenas 758 kg, o Kwid oferece a melhor relação peso/potência, para uma dirigibilidade ágil, com ótimas respostas. Com etanol no tanque, rende 70 cv de potência a 5.500 rpm e torque de 9,8 kgfm a 4.250 rpm. Com gasolina, são 66 cv a 5.500 rpm e 9,4 kgfm a 4.250 rpm.

O Kwid é o carro com o menor consumo de combustível do segmento no uso misto. Na cidade, faz 14,9 km/l com gasolina e 10,3 km/l com etanol. Na estrada, 15,6 km/l com gasolina e 10,8 km/l com etanol. E no uso misto, os números são 15,2 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol.

Mesmo sendo o mais econômico do país, um item importante dá uma ajuda extra para o motorista conseguir ainda mais economia ao rodar. Além do indicador de troca de marchas (GSI) no quadro de instrumentos, de série em todas em as versões, o Kwid traz um indicador de estilo de condução, também no quadro de instrumentos abaixo do velocímetro, que por meio de uma barra com três cores (verde, amarelo e laranja) mostra se o motorista está tendo uma maior eficiência ou não.

Na versão Intense com o Pack Connect, existe ainda os programas Eco Scoring e Eco Coaching na central multimídia Media NAV e avalia por meio de pontuação, dando sugestões para uma forma de condução mais econômica.

A direção elétrica, além de facilitar as manobras, ajuda a reduzir o consumo e as emissões, já que exige menos o motor do que os sistemas hidráulicos. É item de série nas versões Zen e Intense.

Conheça mais o Bagarai

O Bagarai.com.br é um site de notícias focado em automóveis. Saia do convencional, no Bagarai você encontra muito mais do que as últimas noticias, aqui você encontra conteúdo de uma forma bem humorada e divertida.

Vamos Bater um Papo?